Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Com investimentos em Campina G. do Sul, O Boticário anuncia ampliação na RMC

Compartilhe:
oboticario-1024x683

Celebrando 40 anos de inauguração de sua primeira fábrica em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, o Grupo Boticário anunciou nesta segunda-feira (18) investimento de R$ 200 milhões para ampliar a produção na cidade, no chamado Polo da Beleza paranaense.

Com o aporte, o Boticário deve aumentar em até 25% a capacidade produtiva sustentável em seu centro industrial, que reúne cerca de 830 fornecedores locais envolvidos diretamente na cadeia produtiva do segmento de cosméticos e beleza. A previsão é que sejam criadas mais de 500 novas vagas de emprego nos próximos dois anos.

Além do polo em São José dos Pinhais, o grupo iniciou, no ano passado, a operação um Centro de Distribuição com mais de 20 mil metros quadrados em Campina Grande do Sul. O complexo reúne as unidades de distribuição das marcas e o e-commerce da empresa. No próximo semestre, a unidade também inicia a operação para as lojas, franquias, multimarcas e venda direta de toda a região Sul do País.

POLO DA BELEZA – A empresa investiu, até o momento, R$ 700 milhões na construção do Polo da Beleza, instalado em um terreno de 150 mil metros quadrados em São José dos Pinhais, com 72 mil metros quadrados de área construída.

O complexo concentra a produção de itens de perfumaria, cuidados (cremes e hidratantes), maquiagens e estojos ou kits para presente. Somente em 2021, a fábrica foi responsável pela produção de 160 milhões de peças. O Polo da Beleza emprega cerca de 6 mil pessoas, incluindo os trabalhadores do Boticário e das empresas parceiras.

Uma das três maiores marcas de beleza do País, com 20% de participação no mercado nacional, o Boticário mira a liderança do setor com a modernização da unidade em São José dos Pinhais. “Os novos investimentos fomentam ainda mais o crescimento e desenvolvimento desse ecossistema e ampliam as oportunidades para os paranaenses, com a geração de 500 vagas de emprego”, disse Sampaio.

A implantação do Centro de Distribuição e a concentração no Estado do comércio eletrônico do grupo foram inseridos no programa de incentivos fiscais Paraná Competitivo. Cerca de R$ 80 milhões estão sendo investidos nos projetos desde 2020.

SOCIOAMBIENTAL – Paralelamente aos investimentos no setor de beleza, o Governo do Estado também conta com a parceria do Grupo Boticário em projetos que fortalecem as práticas ambientais, sociais e de governança, o chamado ESG.

GRUPO – Fundado há 45 anos no Paraná como uma pequena farmácia de manipulação, o Grupo Boticário se tornou um dos maiores conglomerados de beleza do mundo e está presente em 15 países. É dono das marcas O Boticário, Eudora, Quem Disse, Berenice?, BeautyBox, Multi B, Vult, Beleza na Web e O.u.i. O grupo agrega laboratório, fábrica, inovação, tecnologia, logística, marketing e varejo.

São mais de 13 mil colaboradores diretos, além de outras 40 mil pessoas que trabalham na rede de franquia, considerada a maior no segmento de beleza no mundo, reunindo mais de 4 mil pontos de venda em 1.780 cidades brasileiras.

SUSTENTABILIDADE – Com grande foco na sustentabilidade em seus modelos de negócios, o grupo planeja ampliar a gestão de resíduos com a plataforma “Uma Beleza de Futuro”, que reúne compromissos socioambientais ambiciosos para serem atingidos até 2030.

Para isso, a companhia prevê destinar já neste ano cerca de R$ 14 milhões apenas para a gestão sustentável dos recursos hídricos da fábrica de São José dos Pinhais. Atualmente, 22% dos recursos hídricos utilizados são de água de reúso, e a principal meta é chegar a 50% até 2023, zerando assim o balanço hídrico industrial.

A fábrica de São José dos Pinhais obteve a certificação “LIFE”, selo verde que avalia os impactos à biodiversidade e todas as medidas que a empresa toma para mitigá-los.

Deixe seu comentário: