Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Caminho do Itupava, em QB, reabre com Termo de Conhecimento de Risco

Compartilhe:
9495f73d-8944-4193-8aac-af9b4e268acb

Após mais de um ano interditado, o Caminho do Itupava voltará a receber visitantes. A liberação ocorre depois de pedidos de montanhistas e trilheiros. A partir de agora, quem desejar fazer a trilha deverá assinar um Termo de Conhecimento de Risco. No início de 2021, após fortes chuvas destruírem parte das estruturas de apoio, a trilha histórica entre Curitiba e Morretes foi fechada temporariamente.

Apesar do interesse alegado pelo IAT, mais de uma ano depois das chuvas que destruíram parte das estruturas, as obras de reconstrução do Caminho do Itupava ainda não foram concluídas. As pontes danificadas pelas chuvas, por exemplo, ainda não foram reconstruídas. Dessa forma, em um dos trechos, os trilheiros obrigatoriamente precisam passar por dentro do rio, o que eleva o risco de acidentes.

Segundo a Secretaria do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo, a única entrada permitida será a portaria oficial do parque. Ao chegar na Unidade de Conservação, os trilheiros devem apresentar o Termo Conhecimento de Risco impresso e assinado. Quem acessar o caminho do Itupava por outras entradas ou sem apresentar o documento estará sujeito a multa de R$ 500 a R$ 10 mil.

Atualmente o caminho de cerca de 20 quilômetros liga Quatro Barras a Morretes e pode ser percorrido em cerca de 7 horas exigindo bom preparo físico dos aventureiros.

Informações disponíveis via telefone : 41 3554-1531.

Deixe seu comentário: